1. Fudida pelo mecânico


    Encontro: 28/05/2021, Categorias: Fetiches Autor: niinasec, Fonte: ContoErotico

    Meu nome é Niina tenho 18 anos sou branquinha, de peitos fartos, quadril largo, bumbum gostoso. Gosto de chamar atenção dos homens, de provocar e sair fora ja me ferrei algumas vezes com essa mania mais essas eu conto depois. Vou contar uma vez que eu tava saindo da faculdade e meu carro furou o pneu, lembrei que tinha uma oficina ali perto então fui dirigindo até a oficina chegando la o mecanico ja tava fechando eu chorei pedi pra ele me ajudar ele mt grosso disse que iria ajudar mais que iria cobrar o dobro. Eu disse que topava so queria ir logo pra casa. Ele era sujo fedorento , macacão horrível mais tudo bem ele começou a trocar o pneu eu tirei meu celular da bolsa sentei numa pilha de pneu s que tinha la e fiquei esperando ele terminar. Quando ele terminou disse o valor fui na bolsa peguei o cartão e mandei ele passar ele riu pra mim perguntando se eu tava ficando doida se eu achava que ali uma oficina passava cartão eu disse pra ele que só tinha cartão mais se ele me acompanhasse eu socava o dinheiro num banco 24hrs e entragava ele chegou perto de mim colocou a mão no meu rosto e disse que eu tava de palhaçada com ele. Me empurrou contra a pareide e disse que eu ia pagar ele ali mesmo que ele não ia sair pra canto nenhum. Eu comecei a chorar pedindo pra ele ter calma tirei meu relógio meu celular dei pra ele, ele disse que só pela palhacada eu ia pagar do jeito que ele quisesse. Mandou eu ajoelhar eu disse que não ele me deu um tapa que eu cai no chão sujo daquela oficina, ele foi lá na porta baixou aquelas porta de correr do chão eu olhei não tinha ninguém na rua pensei meu Deus eu vou morrer . Ele veio ja com o pau pra fora mandou eu chupar se eu não quisesse levar outro tapa. Peguei no pau dele que fadia igual a ele tentei por na boca mais enguiei qndo pensei em tirar ele socou todo na minha boca quase vomitei ele ficou rindo me chamando de patricinha mimada que não aguentava cheiro de homem.segurou eus cabelos e fudeu minha boca até gozar encheu minha boca de porra meus olhos lacrimejaram. Ele bateu no meu rosto percebi que ele tava querendo mesmo era sujar meu rosto de gracha. Me levantei achando que ia embora ele disse eu cachorra vai pra onde? Eu disse que ia cobrar o dobro esse boquete não pagou nem a metade do que vc me deve. Eu comecei a chorar pedindo pelo amor de Deus. Ele me ameaçou a dar outro tapa. Qndo olhei pra baixo 3le ja tava de pau duro de novo, ele disse viu vai fuder agora. Sentou na pilha de pneu e mandou 3u rebolar pra ele mostrando tudo e tirando a roupa. Eu mt tímida comecei a rebolar bem tímida msm ele perdeu a pa ciência e rasgou meu vestido eu tava de de fio dental so ando assim. Ele riu e disse que era safada msm mandou eu rebolar até chegar nele. Fui rebolando qndo cheguei perto dele ele me virou e mando eu rebolar a bunda no pau dele. Eu fui rebolando e ele foi batendo deixando marca na minha bunda de graxa misturado com vermelho que ficava na minha pele branquinha. Ele tinha um cacete duro grosso bonito ...
«12»