1. Dominando na primeira noite - Parte 1


    Encontro: 07/06/2021, Categorias: Fetiches Autor: submissodf, Fonte: ContoErotico

    Conheci ele em uma aplicativo de relacionamentos. Após conversamos sobre diversos assuntos e em uma noite de sexta o convidei que viesse a minha casa para uma noite de queijos e vinhos. Sim... eu sabia no que ia acabar a noite, até porque a mistura eu e vinho só potencializa os desejos.
    
    Tomei um banho gostoso, coloquei um perfume, uma lingerie preta como eu gosto, coloquei um short mais comprido e uma blusa um pouco transparente...
    
    Ele chegou, tinha um ar misterioso e indefeso... trouxe flores e o vinho. Sentei-me no sofá ele me serviu um vinho. Começamos a conversar amenidades e muitas vezes notei seu olhar se desviando para minhas pernas, meus pés, meu seios. Naturalmente eu o provocava, seja que fosse com um simples balançar de pernas ou uma mexida nos cabelos.
    
    Entre um gole e outro os olhares foram se intensificando e em um certo momento ele chegou mais perto e tentou me roubar um beijo... imediatamente virei o rosto... não deixei. Ele se assustou com minha atitude... não entendeu. Em silêncio, me levantei e fui buscar água. Seu semblante era confuso... ao retornar ele estava calado... então falei:
    
    - É o seguinte.... vocês homens são todos iguais... estou cansada disso... sempre sempre o mesmo padrão... flores, vinho, conversas melosas, beijo, transa, goza e depois “bye bye”. Cansei disso. Então... hoje quero algo diferente... se vc quiser continuar a noite vai ter que ser do meu jeito.
    
    Seu olhar ainda era de dúvida e ele permanecia em silencio. Perguntei:
    
    - Então... vai querer ir embora ou quer entrar no jogo com minhas regras? Apenas pra te lembrar que se aceitar, não tem volta.
    
    Ele me indagou então quais seriam as regras... eu respondi:
    
    - Vocês homens, gostam de usar as mulheres não é mesmo... mas hoje sou eu que quero usar. Quero ter prazer do jeito que gosto nem que isso seja desconfortável ou doloroso pra você. Se realmente quiser algo comigo hoje, aceite ser usado... sem limites... do meu jeito... e quem sabe eu o deixe gozar ao final da noite.
    
    Seu olhar ainda era confuso, mas ele esboçou um sorriso sarcástico e zombador. Ao ver isso, lentamente me aproximei de seu rosto e inocentemente ele achou que eu teria mudado de idéia, mas quando pensou que eu iria beija-lo foi surpreendido por uma puxada por trás em seus cabelos que o fez curvar sua cabeça para trás. Então... com a voz calma mas firme e serena eu lhe disse:
    
    - Tá achando engraçado bb?? Você só esta piorando as coisas pra vc. Pois agora então, caso queira ter algum tipo de prazer... vai ter que se esforçar muito hoje... vai que me servir... intensamente... do meu jeito... e tenha a certeza que vou usar todo o seu corpo pra isso.
    
    Soltei seu cabelo... e caminhei até a porta... peguei na maçaneta e perguntei:
    
    - Resolve agora ou vai embora!
    
    Após um pequeno silêncio ouvi sua trêmula resposta:
    
    - ok... eu aceito.
    
    Retornei ao sofá, me sentei e pedi pra ele me servir outro vinho... a noite iria começar.
    
    Ao retornar com meu vinho, ele se ...
«1234»