1. Encoxada pela primeira vez num ônibus


    Encontro: 08/06/2021, Categorias: Traição / Corno Autor: mulacba, Fonte: ContoErotico

    Olá, meu nome é Lalinha.
    
    Sempre fiquei curiosa em saber como seria ser encoxada num ônibus ou num metrô lotado, pois já tinha lido muitos contos deliciosos de mulheres que passaram por isso, mas não tinha como fazer isso na minha cidade.
    
    Então um dia quando estávamos de férias em São Paulo, fomos a tarde num cinema de um shopping e na volta para o hotel, quando fomos para o ponto de táxi, vi que a fila no ponto de ônibus estava enorme, olhei meu relógio, e eram quase 18hs.
    
    Falei para meu marido:
    
    - vamos de ônibus?
    
    ele:
    
    - mas nesse horário vai demorar muito e vai estar muito cheio também, mas acho que já sei o que você está querendo. Então vamos.
    
    Fomos para fila e esperamos nosso ônibus, assim que chegou, não estava cheio, mas não tinha mais lugar para sentar. Fiquei de pé quase no meio do ônibus e meu marido ficou atrás de mim, a medida que o ônibus ia passando pelos pontos, foi ficando cada vez mais cheio, e em determinado momento, estava quase lotado e quando entrou mais algumas pessoas, vi que meu marido estava do meu lado direito, um pouco a frente e de frente para mim.
    
    Mais alguns pontos e estava completamente lotado, nunca pensei que pudesse entrar tanta gente, eu estava prensada por todos os lados e só conseguia ver o rosto do meu marido, quando não tinha algum braço na frente.
    
    Passou um tempo e senti que alguém se encaixou bem atrás de mim, fiquei na minha, pois naquele aperto era impossível não encostar em alguém, até que senti o cacete duro esfregando bem no meio da minha bunda. Meu coração até disparou, e ele aproveitava o movimento do ônibus para se esfregar em mim e não chamar a atenção.
    
    Não disse antes, mas eu estava de saia comprida e blusa, normal, nada sexy, mas o tecido era fino e dava para sentir a dureza do cacete, que pelo jeito estava dentro da calça.
    
    Eu estava ficando excitada, olhei meu marido com uma cara de puta e ele entendeu na hora o que estava acontecendo e num movimento mais forte do ônibus, aproveitei para empinar minha bunda e esfregar naquele cacete, e pelo jeito ele entendeu o recado e a partir dai, começou a ficar mais ousado, forçando seu cacete na minha bunda.
    
    O trânsito estava ficando cada vez pior, quase parando, menos o macho atrás de mim, que não parava, não sei se alguém estava vendo ou percebendo algo, mas estava tão cheio que nem conseguia ver meus pés.
    
    E ele ficou mais abusado, começou a passar a mão na minha cintura e desceu até chegar na minha bunda, apertando, enquanto esfregava seu cacete. Depois subiu a mão para minha cintura novamente e ficou me segurando enquanto forçava mais ainda na minha bunda e eu empinava para sentir bem perto do meu cuzinho.
    
    Ele puxou minha blusa e tirou de dentro da saia e subiu a mão para meu peito, por dentro da blusa e ficou apertando e brincando com meu mamilo, nem precisa dizer que minha bucetinha já estava encharcada e depois disso, dava para sentir minha calcinha encharcada. Depois ele tirou a mão do meu peito, e senti que ...
«123»