1. A transformação de Nathália – Parte 4


    Encontro: 09/06/2021, Categorias: Estupro Traição / Corno Autor: O Chantagista, Fonte: ContosEroticosCnn

    O quarto está girando quando ela acorda… Nathália esfrega os olhos com força… procura uma referência de horário… só consegue perceber que está tudo escuro… não vê o celular por perto… Seu corpo inteiro dói… uma dor que ela gosta, por mais puta que ela esteja com Jorge – ela gosta… nunca havia experimentado tamanho prazer… Onde estaria o FDP ? Seus olhos começam a se acostumar com a escuridão… há alguns centímetros a mordaça em forma de pau… ela consegue reconhecer as marcas de seus dentes… O maxilar ainda range. Sente o corpo todo pegajoso do suor. Com esforço leva a mão à bunda e constata o que já temia… está toda esporrada. Sente-se humilhada. Ele conseguiu… Ela tinha prometido para si mesma que sairia dominante da situação, mas não contava com a engenhosidade sádica daquele gordo infame. Tenta se levantar, mas ainda não têm forças… Jorge ?
    
    Pergunta sem resposta… “Dane-se” ela pensa… O que mais poderia acontecer de errado ? Permite-se descansar ali, daquele mesmo jeito… suja… humilhada… apenas em suas sandálias de salto 15. “Grande dama você é…”, pensa consigo mesma pouco antes de apagar novamente.
    
    Agora Nathália acorda assustada… Novamente está com os olhos cobertos…. Sua boca está com aquela pica de vinil mantendo seus lábios outra vez abertos. Mas que merda era aquela – pensa consigo… Ele não havia ido embora ? O que estava acontecendo ? Seus pulsos estão presos novamente, o frio das algemas é reconhecido. Desta vez ela está deitada, costas na cama, pernas abertas e braços presos para cima… ainda sente as sandálias nos pés.O que aquele pervertido estaria planejando agora ? Tenta se mexer sem sucesso… está ainda mais presa do que anteriormente.
    
    Bem, eu achei que você iria gostar de algo diferente… Então, tomei a liberdade de convidar mais alguém para a festa…
    
    Mais alguém ? O que ele estava dizendo com isso ? Que merda era essa ? Ela tenta berrar, se debater, descontrolada gasta suas poucas forças tentando sair dali… ouve risos. Tenta identificá-los… não sabe quem são, ou não consegue distingui-los… A vibração volta a seu clitóris… Seus movimentos se debatendo por liberdade começam a se misturar com movimentos de prazer contra a sua vontade. Jorge sabia como domina-la… Irritadíssima ela começava a se render aos anseios de sua vagina… De repente, a vibração para. fica completamente inerte… Passam minutos em que ela apenas ouve vozes ao fundo em que não consegue sequer distinguir quantas… A vibração volta… Para… Ela não havia gozado.. Estava amedrontada pela situação, mas puta pela frustração de não ter chegado ao êxtase… Volta a se contorcer… Nathália não se reconhece… esquece onde está, como se encontra, apenas deseja profundamente que aquele aparelhinho em seu clitoris volte a vibrar… Parece até que seus pensamentos são ouvidos. Quase instantaneamente, ele volta… Para seu desespero, pouco tempo depois, se desliga novamente… e assim ele continua… ligando e desligando, em intervalos cada vez mais rápidos, sem deixá-la alcançar o ...
«1234»