1. De volta ao colo da mamãe 2


    Encontro: 10/06/2021, Categorias: Incesto Autor: Marcão Segurança, Fonte: ContosEroticosCnn

    Continuando… Minha mãe ajoelhada entre minhas pernas, sua língua no meu pau, sua mão acariciado minhas bolas, era uma mistura de ternura, prazer e ódio. Esse sentimentos me eram familiar e alguns flashes vieram a minha memória, Eram vagas lembranças de quando ela me dava banho e me punha dormir na mesma cama com ela, eu ja senti isso antes, esse prazer intenso, quente e molhado que vinha do meu pau. Ela chupava devagar e intensamente que me delirava. Seus dedos viajavam entre meus pelos pubianos, entre os pêlos da virilha e barriga. Eu fui perdendo o controle, peguei ela pelos braços e a fiz subir em mim, ela entrelaçou os braços na minha nuca e deu um selinho nos meus lábios como fazem as mães com os filhos. Mas eu a puxei de meti a língua na sua boca, tava com gosto de vinho, ela sentou-se esfregando a buceta no meu pau. Eu estava com medo de acordar Duda e ela ver algo do tipo. Então agarrei minha mãe a ergui, ela abraçou minha cintura com as pernas e a levei para o meu abatedouro, a minha fêmea, a mulher que me criou. Fechei e tranquei a porta, deitei ela de costas na minha cama tirei sua calcinha arreganhando suas pernas e pude ver de perto sua buceta, foi por ali que sai quando nasci rasgando ela toda, e de novo ela vai me sentir rasgando sua xana. Eu chupava como um alucinado, ela tentava não fazer muito barulho só se retorcia, joguei meu corpo por cima dela, a tadinha ficou afundada no colchão e mandei minha rola pra dentro enquanto cheirava os cabelos dela fresquinho do banho. Ela me fazia carinho nas costas que me pirava e fui metendo metendo e quando vi eu tava usando de toda força, ela pedia pra ir devagar mas o que eu estava enlouquecido, era como se eu tivesse que voltar pro colo da mamãe, digo, voltar pro colo do útero dela. Ali eu me sentia seu meninão e seu macho. A ideia de que ela dava o cu voltou a minha cabeça. Eu a virei e a pus de quatro na cama com o rabo bem empinado e pude ver a xana ja inchada e o cu piscando ja com medo. Fui ate a gaveta do guarda roupa pq ali estava o gel, e achei o prato onde tinha feitos as linhas. Minha mãe olhou para traz e me viu agachado preparando umas linhas, ela curte, foi ela que me deu a primeira vez. Fiz só uma linha pra não ter risco de atrapalhar a foda, e dei outra pra ela cheirar. Também preparei a uma dose de GBL com um guaraná que estava ali e ela bebeu sem saber. Eu baixei atrás dela de quatro e metia minha linguona naquele rego, ela reagia as cócegas com a minha barba, e a cara linguado naquele cu, ele se abria mais. Depois de alguns minutos minha mãe ja estava se comportando como uma verdadeira puta com o efeito do GBL. Passei o gel de silicone próprio pra sexo anal.e fui invadindo com o dedo e também brincando com o grelo. “Macho da mamãe “ ela dizia tomada por um tesão incontrolável. Vi que estava no ponto coloquei a rola na portinha e fui indo, ela forçou a entrada a cabeça entrou mas ela deu salto pra frente de dor que não conseguia falar. Isso acontece qdo se vai rápido mas ...
«123»