1. Como é maravilhoso o ato de dividir quem a gente ama (troca de casais) veridico!


    Encontro: 10/06/2021, Categorias: Traição / Corno Autor: aventura.ctba, Fonte: ContoErotico

    By aventura.ctba
    
    Este relato é totalmente verídico, talvez alguns detalhes possam ser esquecidos, afinal, é impossível colocar todas as sensações no papel, mas certamente a essência estará descrita.
    
    Lá estávamos nós mais uma vez, já fazia certo tempo que isto não acontecia o que me deixava um tanto quanto ansiosa. Estar ali naquele quarto de motel com meu esposo e o Paulo um moreno de quase dois metros de altura, 35 anos, corpo maravilhoso, lindo de morrer me deixava excitada e ansiosa ao mesmo tempo.
    
    Paulo é marido da minha prima a Adriana. Adriana além de ser uma mulher muito linda tanto de corpo quanto de rosto, ela é extremamente simpática, alegre, extrovertida e muito querida, eles são donos de uma agência de modelagem em São Paulo. Quem quiser saber mais sobre o Paulo e a Adriana leia o conto (Dando o troco no maridão, Uma história incestuosa).
    
    Pena que Adriana não pode estar com a gente devido a compromissos inadiáveis na empresa. A última vez que a gente fez amor a quatro, já fazia uns três anos, depois disso a correria profissional de todos, aliada a uma certa reserva tanto minha quanto do meu marido, tinha nos deixado somente com uma relação conjugal normal, não que não fosse gostoso, afinal o Carlos é um expert quando se trata de sexo, ele faz um oral que deixa qualquer uma nas nuvens e sempre incrementa as relações com uma criatividade que lhe é peculiar.
    
    Não era a primeira vez que nós fazíamos isso, afinal eu e meu marido sempre tentamos dar uma inovada no nosso relacionamento e curtimos cada momento juntos com as pessoas que escolhemos para compartilhar incríveis momentos de prazer com a gente.
    
    Estar ali, não tinha começado naquele dia, pois umas duas semanas antes combinei com a Adriana como seria a nossa tão esperada ida ao motel a quatro. Isto aconteceu, porque tanto eu quanto o Carlos, provocamos Paulo e Adriana, só quem já vivenciou uma situação destas, sabe o erotismo que envolve as pessoas envolvidas.
    
    Derrepente estávamos eu e Carlos sentado a mesa de casa com o celular no viva voz combinando como seria nossa noite juntos.
    
    Paulo dizia que ira comer meu cuzinho e para fazer um charme, relutava dizendo que isto não seria possível, pois doía demais, coisas que as mulheres falam. Adriana retrucava:
    
    - Para de ser fresca prima, se eu aguento você também terá de aguentar eu exijo que o Carlos coma o meu cuzinho e ríamos como crianças.
    
    Deixei o Carlos conversando com eles e fiquei só ouvindo e dando risadas. Meu Deus, enquanto eles combinavam o que cada um ia fazer com o outro fiquei super excitada que cheguei a molhar minha calcinha, minha buceta estava toda molhadinha.
    
    Depois que Carlos desligou o celular e com o tesão a flor da pele, meu marido propôs rever as filmagens que tínhamos das outras aventuras nossas, confesso que tanto eu quanto ele tivemos que controlar para não transarmos ali mesmo na sala, ainda bem que não começamos, pois minutos depois nossos filhos chegaram e eles nunca entenderiam ...
«1234»