1. Como é maravilhoso o ato de dividir quem a gente ama (troca de casais) veridico!


    Encontro: 10/06/2021, Categorias: Traição / Corno Autor: aventura.ctba, Fonte: ContoErotico

    ... virarem para o lado para dormirem. São essas coitadas que ficam criticando nós mulheres liberais.
    
    Quando Paulo abriu os lábios da minha buceta e literalmente começou a me foder com sua língua quente e macia ao mesmo tempo que meu marido chupava meus peitos, tive meu primeiro orgasmo incrivelmente intenso e delicioso naquela tarde.
    
    Depois que gozei, Paulo se ajeitou no meio das minhas pernas e logo senti a cabeçorra do seu pau na entrada da minha buceta fazendo pressão para se agasalhar dentro dela, mesmo acostumada com aquele invasor, sentia meus músculos vaginais se dilatando para recebê-lo dentro dela.
    
    Meu marido parou com suas carícias para ver aquele cacete enorme adentrando na buceta da sua esposinha até nossas pélvis se encontrarem.
    
    Assim que começou o vai e vem, Paulo alternava a penetração superficiais e profundas me levando ao delírio e em poucos minutos gozei novamente.
    
    Assim que gozei, Carlos e Paulo me colocaram de quatro sobre a cama e meu marido começou a me preparar para comer meu rabinho. Enquanto Carlos mordia suavemente minha bunda, dava linguada no meu cuzinho e com os dedos dilatava meu canal retal, Paulo colocou seu pau gigante na minha boquinha ainda com os fluidos da minha buceta toda gozada.
    
    Meu marido sempre foi um expert em fazer sexo oral e como sabia todas as minhas zonas erógenas era um gozo atrás do outro. O pau do Paulo já estava todo babado e continuava chupando como uma putinha bem devassa.
    
    Logo senti a cabeça do pau do meu marido fazendo pressão na entrada do meu cuzinho e aos poucos foi entrando até sentir seus grãos pressionando minha buceta. Já estava acostumada com seu pau no meu cuzinho, mas a sensação de estar empalada com um pau grande e grosso e a expectativa de ter um pau bem maior e mais grosso no cuzinho, chegava a dar uma comichão na minha buceta e tive que tocar no meu clitóris para aliviar meus desejos impuros com meu esposo e o marido da minha prima.
    
    O pau do meu marido entrava rígido e profundo no meu ânus, com o aumento do ritmo e da força da penetração, chegava a engasgar com o pau do Paulo quando meu marido se empolgava e cutucava mais forte.
    
    Para retardar seu gozo, meu marido saiu de trás de mim e deu o lugar para que Paulo também se aproveitasse do meu cuzinho.
    
    Cada vez que ia fazer anal com Paulo eu ficava um pouco apreensiva, pois realmente seu pau é muito acima da média. Quando a Adriana estava com a gente ela se divertia muito com meu medo principalmente no início da penetração.
    
    Embora meu canal retal estando bem dilatado e lubrificado pelo pau do meu marido, aquela tora foi entrando justo ocupando todo o espaço do meu cuzinho até sentir aquela cabeçorra no meu intestino.
    
    Carlos assistia meu cu sendo arrombado com uma certa satisfação no seu semblante alisando seu pau suavemente.
    
    Antes que Paulo começasse o vai e vem, olhei para trás e disse a ele:
    
    - Vai devagar pelo amor de Deus, deixa que eu controlo os movimentos está bem querido?
    
    - Claro ...