1. Me aventurei com meu irmão


    Encontro: 10/06/2021, Categorias: Incesto Autor: Lorena, Fonte: ContosEroticosCnn

    Olá leitores. Me chamo Lorena, tenho 20 anos, e tenho 1 irmão de 18 anos, o Renan. Meu irmão e eu fazemos faculdade à noite, no período da manhã faço estágio. Eu e ele brigamos demais, o Renan fica de brincadeira besta me chamando de gorda e não sei o quê, eu só falto grudar na garganta dele. Na faculdade encontrei com minha amiga Michele. – Amiga, seja sincera. Eu sou gorda? – Amiga, se vc é gorda eu não seu o que eu sou então. Jamais que vc é gorda…olha essa cintura e essa bunda… – O Renan fica me chamando de gorda, é só pra me infernizar. – Amiga, seu irmão é um idiota, nem liga. Ainda bem que não tenho irmão. No outro dia após o estágio, cheguei em casa como de costume, almocei e fui deitar. Durmo todas as tardes, durmo muito tarde a noite fazendo tcc e madrugo pra me aprontar pro estágio, então só consigo mais tempo pra dormir a tarde. Fui colocar o celular pra carregar antes de dormir, o cabo do celular todo mastigado, meu cachorro destruiu o carregador. Fui até o quarto do meu irmão emprestar o dele (que também estava carregando), tirei o celular dele do carregador e como ele não estava perto, a curiosidade bateu e fui fuçar o celular dele. Olhei o whatsapp, facebook, instagram…nada de mais. Entrei na galeria de fotos, nada de mais. Mas tinha uma pasta com fotos que estava bloqueada e pedia senha. Tentei desde data de nascimento, documentos, endereço e nada. Já desistindo, tentei a palavra “GORDA”. E num passe de mágica, a pasta desbloqueou. “Cretino! não acredito que até na senha esse idiota faz bullying comingo”. Abri a pasta e fiquei perplexa. Eram fotos minhas, tiradas em casa. Fotos minhas deitadas de bruços nos meus cochilos vespertinos, fotos das minhas calcinhas deixadas no banheiro, fotos minha tiradas de costas focando minha bunda…FDP! A raiva tomou conta de mim, pensei em tirar satisfação, mas uma pessoa nervosa não faz nada que preste. Me controlei. Ouvi rangido da porta de entrada, voltei o celular dele no carregador e encenei como se tivesse acabado de chegar no quarto. – Renan, me empresta o carregador? O Boris mastigou o meu. – Meu celular está carregando. Vou te emprestar e não esquece de devolver depois. Saí com o carregador e fui para o quarto. Não acredito que o Renan colecionava intimidades minhas. Estava brava. Peraí! Se ele tem tudo isso de mim, então ele não me acha gorda, me acha gostosa! Me chama de gorda só pra disfarçar o tesão em mim. O sentimento de raiva foi se dissipando. Dormí a tarde, o celular carregado. Acordei, fui devolver o carregador. – Renan, toma o seu carregador. Vou me arrumar e ir pra aula. Não conseguia mais ver meu irmão da mesma forma de antes. A aula era tediosa, fiquei pensando no Renan. Graças a Deus era sexta-feira, a partir de amanhã teria o fds todo pra descansar. Já era sábado, nossos pais em casa o dia todo também. Almoçamos e cada um foi cuidar de suas vidas. O Renan foi pro quarto dele fazer atividade da faculdade, e eu fui pro meu quarto, entrar nas redes sociais. Tive um momento ...
«1234»