1. AMOR DE FAVELADO 7


    Encontro: 10/06/2021, Categorias: , violência, Amor favela, Sexo, Gay / Homossexual Autor: Kaio, Fonte: CasadosContos

    No dia seguinte, acordei cedo minha mãe já estava na cozinha juntamente com uma mulher que só depois soube que seria nosso secretaria do lar que nos ajudaria com as atividades de casa.
    
    Depois de tomar café fui dar uma volta pelo lindo jardim, os homens que estavam na segurança só acompanhavam meys passos com os olhos, qualquer passo em falso eles prontamente interveriam, demorei alguns minutos admirando a beleza das flores e observava também as lindas borboletas que repousavam sobre as plantinhas, sentei um banquinho e fiquei respirando aquele ar tão puro da natureza até ouvir o barulho do portão se abrindo e para minha infelicidade era o brutamontes do Wendel.
    
    Ele veio andando em minha direção com uma cara nem um pouco amigável ou seja o normal dele.
    
    - Wendei: ôoo branquelo entra aê, precisamos conversar- falou já entrando na casa a dentro .
    
    Respirei fundo e caminhei seguindo seus passos, ele passou por minha mãe e por Vanuza sem falar se quer uma só palavra, que falta de educação, credo!
    
    Subiu as escadas entrou no primeiro quarto e deixou a porta aberta pra que eu entrar, entrei ele ja se encontrava sentado na cama.
    
    - Wendel : fecha a porta aê e senta aqui - falou apontando para ao seu lado no colchão.
    
    Fechei a porta e sentei no lugar indicado por ele.
    
    Eu : Wendel eu sfui interrompido por ele.
    
    Wendel: grandão! Me chame de grandão.
    
    Eu : ok! Grandão, eu só queria pedir desculpas por toda aquela brincadeira da festa, creio que seja importante resolver nossas desavenças para começa uma conversa amigável.
    
    Wendel: tudo bem! Vai passar dessa vez.
    
    Eu: Então! O que te trouxe aqui? Digo, qual é o motivo de nossa conversa de hoje? - falei o encarando, confesso que estava curioso para descobrir um pouco sobre aquele cara.
    
    Wendel: gostaria de começar por onde tudo começou, isso é um inferno, eu tenho pesadelos quase todas a noites, eu só queria esquecer tudo que aconteceu no meu passado, eu tive que me tornar quem eu sou hoje por conta do meu passado,tive que ser forte foi minha única escolha, eu já não aguento mais guardar tudo isso sem contar pra alguém, ou conto ou vou acabar explodindo de vez com quem nem merece. - falou olhando para baixo sem conseguir me encarar.
    
    Eu : pode contar, vou somente ser seu ouvinte e prometo que tudo que for falado aqui ficará entre nós.
    
    Wendel : Então vamos lá.
    
    Tudo começou quando meu pai faleceu em uma troca de tiro com a polícia, minha mãe se desesperou depois do ocorrido, passou a beber e usar drogas todos os dias, eu tinha 2 irmãos, o tmTk e a Tati, Tati era a irmã mais velha tinha uns 15 anos na época, eu tinha 12 e Tk 07, Tati cuidava da gente quase todo tempo já que nossa mãe estava ocupada se prostituindo e usando drogas, em uma certa noite nossa mãe levou um homem pra nossa casa, ele passou a morar com a gente, nunca gostei dele sabia que ele não era de confiança, um dia sai pra trabalhar, eu tinha que trabalhar pra ajudar nas despesas de casa, quando cheguei em casa ...
«123»