1. Recebendo o amigo da esposa no fim de semana


    Encontro: 21/07/2021, Categorias: Submisso., inversão de papéis, Amigos Esposa Traição / Corno Heterossexual Autor: Paulo, Fonte: CasadosContos

    Olá a todos, meu nome é Paulo e minha esposa se chama Bruna, fazia tempo que eu não escrevia porque tinha tempo que não acontecia nada demais em nossa rotina, até porque já são 7 meses de pandemia e fica difícil fazer alguma coisa.
    
    Quem já leu meus contos sabe que eu sou bissexual e gosto de ser corno, adoro ver a Bruna ser fodida por outra pessoa e também adoro inversão de papéis, de ser dominado e dar a bunda pra minha esposa, que é uma excelente dominadora.
    
    Claro que no começo nossa relação era bem heteronormativa, éramos monogâmicos e eu era o ativo e bruna a passiva, fomos desconstruindo isso ao longo dos anos e foi uma longa estrada até chagarmos aqui.
    
    Esse relato que narrarei agora aconteceu esse fim de semana e resolvi dividir com vocês. Pra quem não leu meus outros contos eu sou um cara normal, nem gordo nem magro 90kg, 37 anos, minha esposa é vendedora, tem 38 anos, 70kg, 1,67m siliconada, rabo grande e quadris largos, cabelos pretos e curtos e usa óculos. Não temos filhos e nem queremos ter. Enfim, resumindo é isso.
    
    Minha esposa tem um amigo de infância que mora em outro Estado e todo ano ele e a esposa vem passar férias no nosso Estado e ficam uma semana conosco, mas desta vez por motivos pessoais a esposa desse amigo da Bruna, seu nome é Jean, não pode vir com ele e ele teve de vir sozinho e por isso só pode ficar o fim de semana com a gente.
    
    A Bruna me contou que no passado eles ficaram 3 vezes, mas nunca transaram, ela era virgem e bastante tímida quando nos conhecemos e levou muito tempo para superar a criação cristã cheia de culpas que ela teve.
    
    O Jean veio de carro, pois adora dirigir e chegou no sábado de manhã. Ele é um cara muito simpático e fácil de gostar, apesar de malhar não é muito musculoso, é humilde e bastante respeitador. Nunca deu em cima de minha esposa depois que nos casamos e sempre foi educado conosco e nos tornamos grandes amigos.
    
    Enfim no sábado estava muito calor e ficamos na piscina a tarde toda, Jean estava de sunga de praia, eu de bermuda e Bruna estava com um maiô comportado, mas que deixa o capô de Fusca dela bem evidente. Ela sempre teve uma boceta rosada e carnuda, lábios pequenos e com uma bela pata de camelo que fica difícil de disfarçar e sempre que ela ficava sentada na borda da nossa piscina ficava difícil não olhar.
    
    Eu confesso que na hora que vi Jean tentando disfarçar as olhadas para a boceta de minha esposa já começei a imaginar ela dando pra ele ali na minha frente. Depois disso não consegui mais parar de imaginar a cena.
    
    A noite pedimos cervejas por telefone e ficamos bebendo em casa, já que não dava pra sair.
    
    Aproveitando uma hora em que Jean estava no banheiro eu falei com Bruna:
    
    -Amor você viu que ele estava flagrando seu capô?
    
    - Sério? Não reparei, tem certeza amor?
    
    - Sim, acho que ele deve tá na seca né? Tá 16 dias já longe da Mel (mel é o apelido da esposa do Jean).
    
    - Você ainda tem vontade de dar pra ele amor? Eu perguntei esperançoso.
    
    - Tá ...
«1234»