1. Recebendo o amigo da esposa no fim de semana


    Encontro: 21/07/2021, Categorias: Submisso., inversão de papéis, Amigos Esposa Traição / Corno Heterossexual Autor: Paulo, Fonte: CasadosContos

    ... com vontade de levar chifre de novo né corninho? Ela disse rindo.
    
    -To amor, passei o dia todo imaginando ele te comendo na piscina comigo assistindo.
    
    -Nao sei se tenho coragem com ele amor, ele é amigo intimo nosso e além disso eu gosto muito da mel.
    
    Depois disso Jean logo voltou e continuamos bebendo até tarde.
    
    Na hora de dormir estávamos todos bem bêbados e eu ainda estava morrendo de tesão, queria dar um jeito para fazer um menage e chamei a Bruna num canto e falei.
    
    -Amor vamos ajeitar o colchão no chão do nosso quarto pro Jean porque está calor, assim ele fica no ar condicionado.
    
    Ela me olhou meio de lado e disse:
    
    -Calor né safado? Eu sei o que vc tá querendo...
    
    O Jean aceitou numa boa e depois de tomarmos banho e arrumarmos as coisas fomos deitar, eu deixei uma cortina aberta para que entrasse claridade no quarto e fiquei deitado de samba canção. Jean estava dormindo no chão, deitado de bermudas e imóvel, enrolado em um cobertor fininho. Bruna estava deitada do meu lado, usando um Baby Doll e uma lingerie confortável.
    
    Nenhum dos dois estavam se mexendo e achei que não ia rolar nada.
    
    Eu estava com muito tesão e enfiei a mão por dentro do Baby Doll de Bruna e comecei a acariciar seus seios. Ela olhou pra trás e riu.
    
    -Eu sabia que você ia tentar alguma coisa corninho. Ela cochichou pra mim.
    
    -Sera que ele topa participar amor? Eu perguntei, e enfiei minha mão dentro de sua calcinha, sentindo sua boceta melada.
    
    - Acho que não. Ele tá muito chapado pra fazer alguma coisa.
    
    Eu comecei a penetrar sua boceta com os dedos e ela começou a soltar gemidos abafados. Ela puxou a calcinha para o lado e me mandou meter, mas meu pau ainda estava meia bomba porque eu tinha bebido muito durante todo o dia.
    
    -Amor me chupa um pouco pra ele ficar duro. Eu pedi.
    
    Ela se descobriu e ficou só de calcinha, desceu entre minhas pernas e começou a me chupar, mas meu pau não estava dando sinais de ficar duro.
    
    Enquanto ela me chupava eu olhava para o Jean deitado de frente pra gente e não resisti e chamei o nome dele.
    
    -Jean! Jean!
    
    Bruna tomou um susto e olhou para onde Jean estava, mas ele não se mexeu.
    
    -voce tá doido Paulo? Você sabe se ele ia querer participar? Ela me disse sangada.
    
    -Nao custava perguntar né? Eu disse baixinho.
    
    Então tá, já que esse seu pau não vai subir direto, eu sei como fazer você gozar. Falou ainda zangada. Ela levantou da cama so de calcinha e acendeu a luz do quarto. Nem assim Jean acordou. Ela foi até o guarda roupas, pegou a cinta com o consolo de 18cm que temos e vestiu.
    
    Chegou perto da cama e o ligou pra vibrar no máximo.
    
    -Vem ca me chupar!
    
    -Amor não, ele pode acordar e espalhar pra outras pessoas.
    
    -Foda-se, você ficou me enchendo o saco pra transar e depois não conseguiu nem ficar duro. Agora quem vai comer sou eu, e se ele acordar problema seu.
    
    -Vem mamar senão vai ficar meses sem sexo pra aprender.
    
    Eu tava morrendo de medo de Jean acordar e depois espalhar pra ...