1. Apaixonado pelos peitões da amiga da esposa.


    Encontro: 21/07/2021, Categorias: Traição / Corno Heterossexual Autor: Rody, Fonte: CasadosContos

    Estava eu em casa de férias e minha esposa trabalhando no horário administrativo em um escritório.Sou casado, segundo casamento e sem filhos.Mora em casa,apenas eu e minha esposa.Somos muito felizes,mas os pensamentos impuros de traição,sempre vaga em minha mente.Precisávamos contratar alguém para passar roupa e minha esposa resolveu chamar uma de suas amigas para trabalhar em casa.Maria é casada , morena,1,60 de altura,peitos grandes,um pouco de barriga e uma bunda muito bonita e empinada.Os seus seios , são a minha perdição,sempre que vai em casa,fico admirando eles de rabo de zoio.Ela já percebeu,mas fica na dela,pois elas são muito amigas e não quer perder a amizade da minha esposa.Ela apareceu em casa de manhã para passar ,vestia um vestido bem colado no corpo e com alça tomara que caia,seus seios estavam muito bonitos e sua bunda bem arrebitada.Abri o portão e ela entrou,a comprimentei e mostrei a onde estavam as roupas para passar,ela se abaixou e pude ver um pouco dos seus seios,eram lindos.Ela percebeu meu olhar e ficou sem graça.Fui para sala e fiquei assistindo tv,eu usava só um calção bem fino sem camisa.Depois de um tempo,ela veio pedir um pouco de agua e deu uma olhada para baixo disfarçando e deu uma secada no meu cacete que estava meia bomba.Ela tomou agua e voltou ao seu trabalho,resolvi ir bater papo com ela,sentei numa cadeira perto e puxei alguns assuntos banais,só para puxar assunto.Ela respondia meio timida,e aparoveitei e perguntei sobre seu casamento.Ela disse que estava bom,mas insisti mais um pouco,queria tirar algo dela.Disse para ela que meu casamento com a amiga dela estava muito bom e ela era uma ótima pessoa.Maria prestou atenção nas minhas palavras e disse que seu casamento era bom,mas poderia ser melhor,se não fosse a bebedeira do seu marido.Falei que seu marido estava dando muita sopa para o azar.Ela quis saber porque eu disse aquilo,e eu falei que ela era um tremendo mulherão,e quando ela passava em frente ao boteco,os caras comiam ela com os olhos.Ela ficou vermelha de vergonha,e disse que muitos caras queriam estar no lugar do marido dela.Ai ela deu um soriso timido e disse nunca ter percebido.Era a mais pura verdade,só não disse que eu era um desses caras.Ela falou que seu marido além de beber muito,gastava muito dinheiro com bebidas .E ela passava certos apuros por causa disso.Eu perguntei,quanto minha esposa estava pagando para ela passar roupa,ela disse 80 reais.Falei que se ela precisasse de dinheiro,eu arrumaria para ela sem problemas,só tinha que ser nosso segredinho,pois nem o marido dela e nem minha esposa iria entender.Ela parou de passar roupa,se virou com as duas mãos na cintura e falou que ela iria se virar,e não estava entendendo o rumo dessa conversa.Eu falei que só queria ajudar,que não era para ela ficar brava comigo e que esse assunto morreria aqui.Ela me encarou e disse,tudo bem,vamos esquecer essa conversa.Passou alguns dias e ela voltou a passar roupa de novo em casa.Outro vestido bem ...
«1234»