1. Uma Vida Liberal - A Piscina


    Encontro: 13/09/2021, Categorias: Piscina, Orgasmo, Exibicionismo Esposa creampie, Aventura, Heterossexual Autor: Camila Colt, Fonte: CasadosContos

    Olá, meus amores. Tive que separar uns minutinhos do meu domingo para contar o que ocorreu hoje mesmo. Vai ser um conto mais curtinho, mas foi muito intenso e gostoso!
    
    Pra quem não leu meus contos anteriores: Meu nome é Camila. Tenho 25 anos, 164cm de altura, 64kg, cabelos pretos, longos e lisos, pele branquinha, seios de médio para grandes, bumbum idem, olhos escuros. Sou casada há mais de 2 anos com o Thiago, meu namorado desde a época de escola, e sou uma esposa liberada.
    
    Meu marido e eu decidimos ir até a chácara da família para curtir um pouco de piscina e tentar aplacar esse calor absurdo que vem fazendo aqui no interior de SP. Convidamos minha irmã e meu cunhado, e fomos os 4 curtir a água.
    
    Acordei cedo e separei meu bikini favorito, preto e com flores. Separamos as coisas, pegamos o carro e logo estávamos já na beira da piscina. Minha irmã e cunhado logo chegaram, e decidi tomar um pouco de sol. Meu marido passou o bronzeador em mim, e sentir as mãos dele tocando minha bunda e minhas pernas era muito excitante.
    
    Um tempo depois, decidimos todos entrar na água. A piscina é grande, então pudemos curtir bastante. Depois, já um pouco cansados pelo peso da água, ficamos mais tranquilos, conversando.
    
    Thiago estava encostado na borda da piscina, e eu na frente dele. Minha irmã e meu cunhado estavam um pouco mais a frente, distraídos.
    
    Thi tocava minha cintura, e eu provocava rebolando levemente. Estávamos conversando amenidades, mas foi fácil perceber que ele estava ficando excitado, e eu também. Sua mão passeava pelo meu corpo disfarçadamente, apertando minha bunda e indo até minha bucetinha.
    
    Com todos ainda distraídos, percebi que meu marido abaixou levemente a frente da sunga, o suficiente para tirar seu pau, já extremamente duro. Encaixou entre minhas pernas, e continuou me provocando. Eu já estava com dificuldades para disfarçar, e senti que queria mais. Desci minha mão e, com uma mistura do medo de ser vista e do tesão, puxei a parte de baixo do meu bikini para o lado.
    
    Senti o calor do pau dele em contato com a minha bucetinha, ao mesmo tempo em que sentia a água gelada. O tesão dobrou. E senti ele posicionando o próprio corpo e encaixando a cabecinha na entrada da minha bucetinha e parando.
    
    Rebolei um pouco, e empurrei meu corpo levemente para trás. Doeu um pouco, pois a água atrapalha a lubrificação natural. Mas eu estava decidida, e fui rebolando devagar até sentir ele inteiro dentro de mim.
    
    O tesão era absurdo. Meu marido estava todo dentro de mim, e minha irmã e cunhado estavam a pouco metros de distância, dentro da mesma piscina.
    
    Nos movimentávamos devagar, sem deixar de conversar. Mas a cada momento de distração deles, Thiago me dava leves mordidas na nuca e segurava firme meus seios. Já não tinha dor, só um tesão enorme.
    
    Avisei ele, falando baixinho em seu ouvido, que iria gozar. Ele disse que também. Mas não paramos. Devagar e sem dar na cara, senti meu orgasmo se aproximando, e gozei. E enquanto ...
«12»