1. O Sequestro - Cap. 8


    Encontro: 21/09/2021, Categorias: Sexo, bandido, Sequestro, Amor conto, Gay / Homossexual , Autor: GuiiDuque, Fonte: CasadosContos

    ~ continuando ~
    
    -
    
    Um pouco mais de um mês depois do sequestro:
    
    - Filho, me informaram que tem vindo mais rapazes que moças te visitar.
    
    - Pai, eles vêm fazer sexo comigo, não são meus amigos para virem me visitar
    
    - Tem razão filho, mas lembre-se...
    
    - Pai - Eu o interrompo - Terei meu herdeiro, fazer filho é algo que descobri ser muuuuuito prazeroso, e se precisar mesmo de uma esposa, compro uma.
    
    - Filho, não é assim.
    
    - Pai é assim, nesse atual momento da minha vida entendi que as coisas mudam e mudarei com elas, mas nesse momento os rapazes me divertem mais. Mas o senhor está mal informado, sábado vieram os dois, Patrícia e o Samuel e foi divertido pra caralho. No final mal tinha forças para andar - Digo rindo. - Por falar nisso, será meu aniversário daqui a dois meses, estou pensando em uma festinha prive.
    
    - Não quero nem imaginar - Ele diz brincando. - Sua mãe também não vai querer estar presente, tenho certeza.
    
    - Podemos fazer um jantar para nós três no sábado e no domingo faço minha comemoração. Vou pedir a presença do responsável por essas moças e rapazes. Quero que ele me dê umas ideias. Vou pedir sua presença aqui um sábado para conversarmos e vou precisar de um local mais discreto para o meu aniversário.
    
    - Filho, não se misture com essa gente. Ele trabalha com prostituição.
    
    - Pai, posso usar sua mercadoria, mas não posso falar com o vendedor? Se eu uso são modelos, se ele vende são prostitutas. Que absurdo!!!! Vamos agir como adultos. E depois estarei dentro de casa. E pai, seus contatos comerciais não são muito melhores não!!!
    
    - Que é isso meu filho?
    
    - Bom: Só os exemplos mais recentes: Saddam não mexe com prostituição, seu ramo é mais tortura e assassinato, aquele negociante italiano da semana passada está sendo investigado por tráfico de armas, o diplomata que jantou em nossa casa no mês passado está sendo investigado... Por que mesmo?
    
    - Filho, entendi seu ponto, mas tome cuidado. Não é o tipo de gente com quem quero ver você misturado.
    
    - Pai tenho que aprender a lidar com todo tipo de gente, o senhor sempre disse isto, e vou usar muito de sua mercadoria, vamos dar esse nome, gostei muito da qualidade do serviço que é oferecida por ele e quero estar bem com ele, seja ele quem for. Vai que é um negão de 2 por 2, ainda assim quero falar com essa pessoa. E mais - Completo falando para o chefe de nossa segurança – Tomás, já sabemos que ele não é muito limpo, então não precisa e nem quero investigação para cima dele. Preciso dele e não quero me indispor. Quero sua presença e quero liberdade para falar com ele. Segurança só do meu quarto para fora.
    
    - Mas ele terá que ser revistado - Tomás diz
    
    - Pode revistar, se quiser tirar até a roupa, não vejo nenhum problema - Digo - Quero ele é nu mesmo - Penso rindo por dentro.
    
    - Ele virá quando? - Tomás me pergunta
    
    - Não sei, nem conversei com ele, nem sei se poderá vir, só estou avisando o que quero.
    
    - Meu filho, estou muito surpreso, pela ...
«1234...15»