1. Incesto no casamento do Primo safado


    Encontro: 24/09/2021, Categorias: Primo, Safadeza, Incesto Heterossexual Autor: Fran, Fonte: CasadosContos

    Olá, Me chamo Fran, 33 anos, 1,65m, branquinha, cabelos negros longos na altura da cintura. Safada e que adora sexo... rsrs
    
    Vou contar uma história gostosa que aconteceu em dezembro de 2011.
    
    Fui convidada para o casamento do meu primo que mora em Vitória, que até então, só havia visto na infância. Era noiva e na época, fui sozinha. Cheguei faltavam dois dias para o casamento, ele me buscou na rodoviária e logo ficou encantado, a conversa fluía de maneira sadia e satisfatória.
    
    Chegamos na casa dos meus tios e fui conhecer todos, ele me chamou para me apresentar os pontos turísticos da cidade e não tirava os olhos de mim.
    
    Voltando pra casa, paramos na porta e ele logo me deu um beijão, eu não resisti e deixei rolar, quando ele abaixou meu tomara-que-caia deixando meus seios a mostra aí eu parei e disse.
    
    โ€” Calma aí, tá achando o que, não sou uma puta que veio pra sua despedida de solteiro.
    
    โ€” Ele pediu desculpas e disse que não resistiu, que sempre teve vontade, mas que respeitaria.
    
    A noite, tomamos umas cervejas e a casa cheia, ele me chamou pra ir pro terraço subimos nós dois, conversamos e iniciou outra pegação, eu estava de vestido e ele me beijava com força e pegada, puxava meus cabelos, beijava meu pescoço e eu ficava louca, me colocou de bruços no parapeito do terraço, arredou minha calcinha pro lado e começou a meter forte e falava no meu ouvido...
    
    โ€” Puta, safada, que buceta gostosa, quente, Tô adorando essa buceta.
    
    Ele dava estocadas tão fortes que eu sentia as pernas bambearem, e ele me pegando pelo pescoço.
    
    Escutamos um barulho e corremos pra um quarto que havia na cobertura, ele tirou a bermuda e começou a meter forte, gozou tanto que escorria pelas minhas pernas. Ele se abaixou e começou a lamber e engolir toda a porra que escorria.
    
    Em seguida escutamos a irmã dele nos chamar, vestimos a roupa e saímos. Ela sacou e desceu em seguida.
    
    Sentamos na escada, ele então tirou o pau pra fora, todo melado e gozado, e disse;
    
    โ€” Ajoelha e limpa a bagunça que vc fez!
    
    Eu comecei a chupar aquele pau gostoso, lambendo cada gota da porra dele, ele metia na minha boca me fazendo engasgar, quando ele anunciou que ia gozar... eu parei e disse;
    
    โ€” Chega, já teve o que queira por hoje.
    
    Vesti a roupa e ele perguntou se iria deixá-lo assim, balancei a cabeça de forma positiva e desci.
    
    Ele desceu puto comigo.
    
    Hoje conto pro meu marido que goza feito louco ouvindo as loucuras.
    
    Termos outros capítulos dessas histórias! Bjsss da Fran. 
ยซ1ยป