1. Quero assistir novamente


    Encontro: 09/10/2021, Categorias: Traição / Corno Autor: Kzado47SP, Fonte: ContosEroticosCnn

    Já fazia algum tempo que minha esposa vinha reclamando de uma dor na coluna, e segundo ela uma amiga havia recomendado um bom massagista, mas como era um pouco distante de casa ela me pediu para levá-la até o local. Aproveitei um dia de folga e a levei, chegando lá eu já achei estranho que o local fosse uma casa comum, em um bairro residencial, não havia placa identificando e nenhuma propaganda. Descemos, entramos pelo portão que estava aberto mas também não faria nenhuma diferença se estivesse fechado pois o muro era bem baixinho. Tocamos a campainha e quem nos atendeu foi o próprio massagista, um cara de mais ou menos 30 anos, corpo atlético, alto, pele morena, cabelos pretos e bem lisos e olhos verdes…do tipo bonitão mesmo. Foi super simpático, mas disse que eu teria que esperar ali na varanda, que poderia me sentar nas cadeiras ali. Achei estranho mas ele se desculpou, disse que as clientes geralmente não trazem acompanhantes e explicou que não havia sala de espera dentro da casa e que a sala de massagem era no fundo. Minha esposa se desculpou dizendo não saber que geralmente não vinham acompanhantes. Minha esposa e ele entraram, ele trancou a porta e eu sentei em uma das cadeiras. Fiquei ali uns 15 minutos, mas algo não me cheirava bem e decidi verificar. Ao lado da casa havia um corredor que parecia ir até os fundos, por fora, mas tinha um portão que restringia o acesso a esse corredor. Chequei o portão e para minha surpresa o cadeado estava aberto, então abri bem devagar para não fazer barulho e fui passo a passo até o final do corredor onde haviam duas janelas, uma estava aberta e com cuidado espiei por ela. Qual não foi minha surpresa ao ver minha esposa nua, deitada na maca de barriga pra cima, com o massagista em pé ao lado enfiando dois dedos na buceta dela enquanto chupava seus peitos e ela gemia e rebolava igual uma puta. Fiquei louco na hora, minha vontade era pular aquela janela e arrebentar os dois mas ao mesmo tempo meu pau endureceu e me deu tesão. Eu sempre tive a vontade de ver minha esposa com outro homem mas nunca tive coragem de falar nada pra ela. Resolvi ficar na minha e ver até onde iria aquilo. Ele continuou dedando ela e alternava entre chupar os peitos e beijar sua boca. Então ele tirou toda a roupa e colocou o pau duro perto do rosto dela que na mesma hora virou o rosto, pegou na mão e caiu de boca enquanto punhetava o cara. Sem trocarem nenhuma palavra, somente gemidos, ele abriu as pernas dela, subiu na maca e passou a comer sua buceta com muita força e vontade, socando sem dó aquela rola enquanto se beijavam. Ficaram assim por um tempo, depois ela levantou, ele deitou e ela começou a cavalgá-lo com vontade enquanto ele alisava seus peitos. Ela saiu de cima dele, ficou de quatro e empinou a bunda, exibindo aquela buceta linda e molhada, e ele não perdendo tempo meteu gostoso até que gozou sem tirar de dentro, enchendo a buceta dela de porra. Eles ficaram de pé, se beijaram e ela se ajoelhou para mamar mais um ...
«12»