1. Minha mãe e seu ficante


    Encontro: 12/10/2021, Categorias: espiando., escondido, flagra, Voyeurismo rabuda, Bunda, Sexo, Incesto Filho, Heterossexual Autor: Tiago, Fonte: CasadosContos

    Depois desse dia eu tinha toda certeza que não iria conseguir parar, a sensação de satisfação em consegui ouvir minha mãe fudendo mexia demais comigo.
    
    Os dias iam passando e eu sempre arrumava um pretexto pra gente conversar, ficar perto e até tentar tirar uma casquinha dela. Parecia a cheirar suas calcinhas e roupas, observava sempre seus passos, cabelo e etc. Cheguei a conseguir a senha do seu Wpp, e sempre dava um jeito de ler as conversas, mas minha mãe não era do tipo de ficar de papo, preferia o modo antigo, ligação.
    
    Seu celular acabou dando problema e ela me pediu pra salvar os arquivos e fotos no computador. Na hora eu vi uma pasta chamada sent, mas como minha mãe estava perto não pude abrir. Aguardei um momento sozinho em casa e peguei seu notebook, na terceira acertei a senha. Comecei a olhar os arquivos e nada, até chegar na pasta do whatsapp, e assim na pasta sent (ela armazena algumas coisas mesmo que já apagadas da galeria), na hora meu pau ficou duro, tinham diversas fotos de minha mãe de camisola, pijama, vestido e até de calcinha e nua. Nada muito vulgar e isso me deixava com mais tesão por ela. Aproveitei pra olhar seu histórico e outra surpresa, uma lista enorme do xvídeos: interracial, dotados, grupais e etc. Peguei todos os arquivos e enviei pra mim mesmo, tirei fotos do histórico e fui pro quarto, comecei a ver os vídeos e imaginando minha mãe em todos eles sendo usada por vários machos, acabei batendo punheta vendo suas fotos e gozando muito pra ela.
    
    Minha mãe era uma mulher maravilhosa comigo, no fundo eu tinha um sentimento de culpa muito grande mas que sempre era deixado de lado pelo tesão e desejo em ver ela. Eu adorava ver minha mãe sendo usadas pelos homens. A cada dia eu ia tentando me aproximar, passei a ficar mais tempo em casa.
    
    Desde a primeira vez já deviam ter se passado uns 2 meses, foram cerca de 4 flagras que vi de minha mãezinha e apenas em um deles pude ver seu corpo ainda enquanto pagava um boquete.
    
    Em um sábado eu havia despertado pela manhã e estávamos na cozinha, minha mãe então começou a perguntar sobre minhas namoradinhas.
    
    Tá namorando alguém Ti?
    
    -Voce sabe que não mãe, sempre pergunta isso.
    
    Vai ver alguma coisa mudou amor, ainda mais pela sua idade
    
    - Não quero namorar.
    
    Tudo bem amor, só usa camisinha tá? Bom que assim você fica mais dedicado a escola, não quero mais repetência.
    
    Foi então que disse.
    
    - E o seu namorado?
    
    Os olhos da minha mãe arregalaram e a vi ficar um pouco vermelha dizendo: que namorado Tiago? Nunca namorei.
    
    - Sim, mas deveria.
    
    Como assim menino, já tô velha.
    
    - Você é muito bonita pra sua idade mãe, tem um corpão. Da de 10 a 0 nas meninas da minha idade.
    
    Garoto disse ela me batendo de leve com o pano de prato.
    
    - É sério mãe, vai me dizer que depois do meu pai nunca teve ninguém.
    
    Claro que tive amor, mas nunca namorei tá ?
    
    E porque essa curiosidade ?
    
    - Nada mãe, quero seu melhor. Acho que devia aproveitar mais a ...
«1234»