1. ESPOSA DEDICADA E PUTA SAFADA QUANDO FODE COMIGO!


    Encontro: 12/10/2021, Categorias: Incesto Autor: edemilson, Fonte: ContoErotico

    Ela deixava o celular no silencioso, mas sabia que quando ele acendia a luz, era eu mandando mensagem.
    
    - Ele já dormiu?
    
    - Sim, já tá até roncando!
    
    - Então, vem aqui.
    
    - É muito perigoso, deixa para amanhã!
    
    - Eu tô com muita tesão, meu pau já tá bem duro!
    
    Eu sabia que ela era viciada em rola, e eu falando daquele jeito, ela não resistiria. Dalí à pouco, vi a porta do quarto se abrindo e ela entrando, pé ante pé, para não fazer barulho e nem acendeu a luz.
    
    Eu já estava nu e com o pau para cima, duro que nem uma Rocha. Ela colocou a mão na minha perna e subiu até meu pau e cochichou no meu ouvido:
    
    - Seu louco, e se ele descobrir?
    
    - Não, vai, não. Agora, me chupa bem gostoso, vai!
    
    Quando senti sua boca quente, meu pau endureceu mais ainda. Uma das coisa que ela fazia muito bem, era chupar. Fazia maravilhas com aquela boquinha de veludo. Eu ia nas nuvens, quando sentia meu pau tocando na sua garganta. Chupando meu pau, ela esquecia do perigo do marido dela nos flagrar fudendo e se entregava inteira.
    
    Depois, puxei ela pelos cabelos, Ela veio por cima, levantou a camisola acima da cintura, afastou a calçinha para o lado, ajeitou o pau na buceta e foi sentando. Meu pau foi entrando naquela bucetinha quente e molhadinha, até sumir todo dentro dela.
    
    - Que tesão de buceta a sua! sunssurrei baixinho
    
    - O seu pau que é uma delicia!respondeu
    
    - Tá todo dentro, mexe bem gostosinho, mexe!
    
    Ela começou a remexer a bunda.
    
    - Assim?
    
    - Isso, assim mesmo!
    
    E, assim, ela ficou um bom tempo, até soltar um gemido abafado e eu senti seu liquido quente escorrendo no meu pau. Mas, eu sabia, que ela só parava quado gozasse duas vezes. Então, ela jogou o corpo um pouco para frente e começou a levantar e baixar a bunda. Que loucura aquele pau entrando e saindo da sua bucetinha. Depois, de um bom tempo nessa posição, falei:
    
    - Eu tô quase gozando!
    
    - Eu também! Segura um pouco e vamos gozar juntinhos!
    
    Ela se abraçou em mim e acelerou o movimento da bunda. Dalí a pouco, nossos corpos estremeceram. Ela lambuzou meu pau com seu gozo e eu, enchi sua buceta de porra. Ficamos abraçados, até passar o êxtase do nosso orgasmo. Depois, ela voltou para o seu quarto como veio, em total silêncio.
    
    No outros dia, tomamos café os três juntos, como se nada tivesse acontecido. Os dois são advogados, mas trabalham em escritórios diferentes. Eles se conheceram no Forum, se apaixonaram e se casaram. Minha mãe era mãe solteira, mas ele me assumiu como se fosse seu filho.
    
    Ele deu um beijo nela e saiu, depois ela se levantou, pegou seu material e antes de sair, falou:
    
    - Ficou me devendo uma chupadinha ontem à noite!
    
    Naquele dia, ela voltou mais cedo do trabalho. Eu na sala, ela entrou, me deu um beijo e foi para o banho.
    
    Saiu do banheiro só de calçinha, ficou bem na minha frente, quase encostando a buceta na minha cara e falou:
    
    - Vamos terminar o serviço de ontem? e baixou a calçinha.
    
    Eu comecei a passar a língua na sua ...
«12»