1. Antes da web - Parte 4


    Encontro: 13/10/2021, Categorias: , Gay / Homossexual Fetiches Bissexual Amigos brodagem, Brotheragem, BAmor, conto, Heterossexual Autor: MARCELO, Fonte: CasadosContos

    PARTE 4 - MARCELO
    
    Quando chego em casa acompanhado de Claudio e Clara, minha mãe esta na cozinha e vai cumprimentar minha namorada.
    
    - Oi querida, que bom te ver aqui, como vai sua mãe?
    
    - Ela esta bem, tia, ficando louca com minha irmã, mas ta bem. - A mãe da Clara tinha acabado de ter um bebê.
    
    - No começo é assim mesmo, horas e horas sem dormir - minha mãe diz rindo - meninos, podem indo pro quarto tirar o uniforme que eu vou colocar um lanche para vocês. Clara, você me ajuda?
    
    - Claro, tia.
    
    Sem falar nada, eu e Claudio vamos para o meu quarto fazer o que minha mãe mandou. Já estaca acostumando com as ordens da minha mãe, sendo o terceiro filho dela, eu ainda tive sorte. Para os meus irmãos Maycon e Murilo tinha sido bem pior. Não é a toa que eles quiseram fazer faculdade longe de casa e sair debaixo das asas da Dona Cida.
    
    - Cara, que mico minha mãe tratando a gente igual criança.
    
    - Dona Cida é fogo, mas eu não vi você reclamando. - Claudio diz tirando a blusa e eu faço o mesmo.
    
    - Não sou louco - respondo rindo.
    
    Claudio vai ate uma gaveta do meu armário e puxa, tirando um par de roupas suas que ficava ali.
    
    - Celo, você trouxe a Clarinha hoje para apresentar para sua mãe?
    
    - Como assim? Dona Cida conhece a Clara desde o berço.
    
    - Eu sei, seu trouxa, to falando em apresentar como sua namorada, oficialmente.
    
    - Ah... Isso. Cara, não sei, eu to ficando amarradão nessa garota, nunca senti nada assim.
    
    No começo era só curtição, eu gostava de ficar com ela. Foi com ela que eu perdi a virgindade, no celeiro do sitio da família.
    
    - Eita... Se apaixonou, depois diz que não é louco.
    
    Peço o travesseiro da minha cama e taco nele, que segura, antes de bater no seu rosto.
    
    - Vamos comer.
    
    Voltamos para cozinha, onde minha mãe e Clarinha conversavam em volta da mesa.
    
    - Você não trouxe nenhuma roupa para trocar? - eu pergunto para Clara quando percebo que ela ainda esta de uniforme.
    
    - Não, não planejava vir para cá.
    
    - pode ficar sem roupa se quiser - Diz Claudio com um deboche.
    
    - CLAUDIO, isso é jeito de falar com a menina? - Minha mãe briga com ele.
    
    - Desculpa Dona Cida - meu amigo responde, fingindo arrependimento.
    
    Eu fico rindo da cara dele sem minha mãe perceber e Clara abaixa a cabeça escondendo o riso. Claudio sempre soltava esses tipos de piadas, era só para implicar comigo, quando eu comecei a ficar com Clarinha, ele se referia a ela como “nossa namorada”.
    
    Depois que lanchamos vamos para o meu quarto. Claudio liga o videogame enquanto eu ligo o computador, ele logo começa a jogar, eu sento na cama e puxo clarinha pro meu lado e a gente começa a se beijar.
    
    Ficamos nesse amasso por algum tempo ate que o Claudio fica cansando de jogar sozinho e me chama. Clara pede para usar o computador e eu sento ao lado do meu amigo, que me entrega o controle e a gente começa a jogar.
    
    Eu nem vejo a hora passar, só me assusto quando minha mãe grita pedindo para que fosse ajudar meu pai que tinha ...
«123»