1. OPORTUNISMO FAMILIAR - PARTE QUATRO: UM NOVO COMEÇO.


    Encontro: 25/11/2021, Categorias: Incesto Autor: trovão, Fonte: ContoErotico

    Depois de um merecido cochilo, Jaciara e Duda decidiram tomar banho, juntos, com direito a mãos ensaboadas, carícias, beijos e muita pegação, que acabou resultando em uma nova foda debaixo d’água, com a mãe de costas, pressionada contra o vidro do box, com as pernas levemente abertas e a bunda empinada, esperando, com desmedida ansiedade, receber o cacete do filho em sua buceta; foderam muito, até que o rapaz, inundou-a, mais uma vez, com seu sêmen quente e viscoso.
    
    Durante o café, tiveram uma conversa franca, tanto sobre o futuro de ambos, como também da eventual participação de Palmira e Jéssica. Neste momento, Jaciara demonstrou sua irritação no que dizia respeito à tal namorada. “Ela é mais uma aproveitadora! Vai te usar! Principalmente se souber de nosso envolvimento! Eu não confio nela, filho. Ela não presta!”, desabafou a mãe em tom raivoso. Duda, inicialmente, tentou contemporizar, afirmando que Jéssica era uma boa moça e que ele confiava nela.
    
    Eles discutiram por um longo tempo, até que a mãe acabou por ceder, impondo, contudo, algumas condições; a primeira delas é que ela queria saber mais sobre a vida da garota, sem que ela soubesse que estava sendo investigada. Duda tentou dissuadi-la da ideia, mas concluiu que era inútil, acabando por concordar. E a segunda que, caso essa investigação revelasse algo suspeito, Duda teria que deixá-la imediatamente, o que o rapaz também viu-se obrigado a aceitar.
    
    -Então, hoje a noite, vou chamar a Palmira e conversar com ela – finalizou a mãe com um sorriso, enquanto acariciava os cabelos do filho – E quero que você nos espere no nosso quarto, está bem?
    
    -O que você tem em mente, sua safadinha? – perguntou o rapaz em tom de safadeza – Tá pensando num sexo a três?
    
    -Calma, meu amor! Primeiro preciso ver como a Palmira reage – respondeu a mãe com tom suave – Mas, se ela aceitar …, a noite será toda nossa!
    
    E durante o dia, Jaciara pôs seu plano em marcha, ligando para Palmira e convidando-a para um encontro à noite em sua casa; a mulher, a princípio, hesitou, temendo que fosse surpreendida por mais um confronto com o filho da parceira. Jaciara procurou tranquilizá-la, até que, por fim, Palmira aceitou o convite, o que a deixou exultante pelo sucesso.
    
    No fim da tarde ela e o filho voltaram para casa, juntos, e puseram seu plano em ação; Jaciara preparou um pequeno lanche para sua convidada, enquanto Duda foi para o quarto, tomar um banho e aguardar, pacientemente, o desenrolar dos acontecimentos. No horário combinado, Palmira chegou; elas se beijaram afetuosamente, indo para cozinha onde saborearam o pequeno repasto posto à mesa.
    
    Enquanto comiam, Jaciara fez uma série de perguntas para a amiga, pois queria certificar-se de que ela possuía uma tendência bissexual, o que facilitaria muito as coisas; e quando obteve essa certeza por meio das respostas fornecidas, ela decidiu que era o momento adequado para abrir o jogo. Contou-lhe, então, sobre o recente envolvimento com seu filho e da ...
«1234»